30/12/2016 09:27

Volume de água em Boqueirão sobe depois de chuvas, diz Aesa

O volume de água no açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, no agreste da Paraíba, ...

O volume de água no açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, no agreste da Paraíba, aumentou 42 mil metros cúbicos, o que representa apenas um centímetro a mais de lâmina de água, suficiente para o consumo de metade de um dia de consumo em Campina Grande. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (29) pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), que registrou 29,7 milímetros de chuva em Boqueirão na quarta-feira (28).

Segundo informações da própria Aesa, Boqueirão recebe água das bacias hidrográficas da região do Cariri, mas dessa vez foram chuvas pontuais na própria cidade onde o açude se localiza que aumentaram o volume do manancial.

Em 24 horas choveu em 72 cidades da Paraíba. Em alguns municípios foram registradas chuvas mais fortes, como em Areia, que registrou 104.2mm, e Serraria (92mm), ambas no Brejo. Em Campina Grande choveu 36 milímetros e provocou vários alagamentos na cidade.

Apenas 28 reservatórios do Estado estão com capacidade armazenada superior a 20% de seu volume total. Para 2017, a previsão da Aesa é de chuvas dentro da média histórica a partir de janeiro do próximo ano para a região do Semiárido paraibano (Alto Sertão, Sertão, Cariri e Curimataú). E a partir de março as chuvas devem ser satisfatórias podendo aumentar o volume de vários açudes dessas regiões.

Cidades onde mais choveu:

Areia (104,2mm)
Serraria (92mm)
Remígio (71mm)
Borborema (67mm)
Alagoa Grande (58,2mm)
Rio Tinto (54,2mm)
Mamanguape (53,8mm)
Logradouro (53,4mm)
Araruna (48,6mm)
Jacaraú (48,4mm)
Caiçara (45,7mm)

 



Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.