Sunday, 26 de June de 2022 15:09
83.9.9606-0256
Dólar comercial R$ 5,24 0%
Euro R$ 5,53 0%
Peso Argentino R$ 0,04 -0.009%
Bitcoin R$ 118.065,93 -0.298%
Bovespa 98.672,26 pontos +0.6%
Economia Negócios

Intenção de Consumo na Região de Campinas com turismo aponta alta de 36,6%

Dados do IPC Maps para o ano mostram recuperação do setor, reforçando estimativas do Campinas Convention

25/05/2022 15h50
Por: Redação Fonte: Agência Dino
Divulgação
Divulgação

Os setores de viagem e hospedagem da Região Metropolitana de Campinas (RMC) devem movimentar R$ 1.778.009.861 bilhão em 2022, segundo o estudo anual sobre Intenção de Consumo realizado pela empresa IPC Map. De acordo com a estimativa, o crescimento será de 22%, quando comparado ao ano de 2021. Somente para a cidade de Campinas a Intensão de Consumo chega R$ 724.906.997 milhões, alta de 36,3% sobre o ano passado. Segundo o estudo da IPC Maps, em 2021, a pesquisa apontou que os turistas gastaram R$ 1.457.628.134 bilhões com turismo e hospedagem nas cidades da RMC. Em Campinas foram R$ 531.682.652.

Para Vanderlei Costa, presidente do Campinas e Região Convention & Visitors Bureau (CRC&VB), apesar de ser uma região forte no turismo de negócios, a RMC também vem crescendo no turismo de lazer, principalmente nos finais de semana, feriados e férias. Este segmento de turistas já representa 20% do faturamento do setor. "Um dos legados da pandemia para o turismo nacional foi a mudança de hábito das famílias, com a incorporação de viagens mais curtas e próximas como destino de lazer. Essa nova postura também refletiu nos setores hoteleiro e gastronômico da RMC, onde o chamado turismo de lazer ganhou impulso. Moradores e turistas passaram a valorizar e descobrir ainda mais as atrações regionais, aumentando os passeios mais próximos e hospedagens em hotéis nos finais de semana, feriados prolongados e férias", explica.

Ele lembra que reconhecida pela força do turismo de negócios, que ainda representa 80% da economia turística, a RMC reúne uma série de atrativos pouco conhecidos e explorados, como as áreas de proteção ambiental - as chamadas APAs -, casarões históricos, museus, parques, passeios ferroviários, como o da Maria Fumaça, espaços para atividades esportivas em meio à natureza, dentre outros atrativos.

A RMC também se destaca pela alta gastronomia, com restaurantes renomados e com uma culinária diversificada para atender todos os gostos e paladares não apenas dos moradores da região, mas também de cidades como São Paulo, que cada vez mais se deslocam para a região em busca de novas experiências, especialmente nos finais de semana.

"O setor de turismo na RMC vem se destacando, com Campinas aparecendo no painel criado pelo Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET), da Secretaria de Turismo e Viagens do Estado, com 93,78% nas postagens positivas e interações de turistas e visitantes feitas no Google e TripAdvisor e monitoradas pela Reviewpro, sendo o maior índice entre as 10 cidades avaliadas. Mas temos observado um aumento considerável nos últimos dois anos no turismo de lazer em nossa região, o que é muito importante para o equilíbrio financeiro do setor e de fluxo de turistas", ressalta Fernando Vernier, diretor executivo do Campinas e Região Convention & Visitors Bureau (CRC&VB).

Além dos atrativos de passeios e atividades ele destaca que outro segmento importante para o incremento do turismo de lazer é o de feiras e eventos, como a Expoflora, além dos shows e rodeios na região, responsáveis por um fluxo elevado de turistas. "Estas pessoas movimentam o setor hoteleiro em um raio de até 100 km e muitos visitantes que chegam para curtir estas atividades acabam prolongando a estadia por pelo menos mais um dia para conhecer as atrações turísticas e o polo gastronômico das cidades onde estão hospedados", lembra o diretor executivo da entidade.

De acordo com Vernier, o turismo de lazer veio para ficar e deverá se expandir ainda mais nos próximos anos. "O Campinas e Região Convention & Visitors Bureau vem atuando forte para divulgar as atrações regionais em feiras do setor, junto aos agentes de turismo, e mostrar ao público a infraestrutura hoteleira de nossos associados na região", lembra. "Por outro lado, a rede hoteleira assimilou a importância desse segmento e vem trabalhando cada vez mais em ofertas e pacotes voltados para este público", completa.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
João Pessoa - PB
Atualizado às 15h02 - Fonte: Climatempo
29°
Muitas nuvens

Mín. 21° Máx. 30°

33° Sensação
19 km/h Vento
70% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (27/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 31°

Sol e Chuva
Tuesday (28/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 29°

Sol com muitas nuvens e chuva