.
24°C 29°C
João Pessoa, PB

Prefeitura de São Sebastião vacina mais de 9 mil pessoas contra gripe

A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Saúde (SESAU), já aplicou 9.164 doses da vacina contra gripe, durante a Campanha Contra In...

16/05/2024 às 20h38
Por: Redação Fonte: Prefeitura de São Sebastião - SP
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Prefeitura de São Sebastião - SP
Foto: Reprodução/Prefeitura de São Sebastião - SP

A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Saúde (SESAU), já aplicou 9.164 doses da vacina contra gripe, durante a Campanha Contra Influenza, que ocorre em todas as Unidades de Saúde da Família (USFs) do município desde o dia 25 de março.

São Sebastião teve a primeira morte por influenza confirmada na semana passada. A vítima da doença foi uma idosa de 75 anos, moradora do bairro da Enseada.

Continua após a publicidade

A secretária de Saúde de São Sebastião, Laysa Pires, lembra que desde o dia 1º de maio o Ministério da Saúde anunciou que a Campanha de Vacinação Contra a Gripe agora também está aberta às pessoas acima de seis meses ainda não vacinadas.

“Desde quinta-feira (2), estamos imunizando munícipes não vacinados acima de seis meses, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, em todas as nossas USFs. Por isso, todos que estão dentro deste público devem aproveitar a oportunidade de proteger-se contra a gripe”, destaca a secretária.

A diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde de São Sebastião, Fernanda Paluri, afirma que apesar desta liberação para outros segmentos é imprescindível que os grupos prioritários procurem se vacinar.

“A adesão está baixa por parte dos Idosos, crianças e pessoas com comorbidades. As internações por doenças respiratórias já estão aumentando e os vírus respiratórios predominantes no momento são Influenza A, Influenza B, que estão presentes na vacina rinovírus, adenovírus e vírus sincicial respiratório. Portanto, a vacinação nos grupos prioritários é de extrema importância”, explica Paluri.

Conforme instruções da SESAU, para a realização da vacinação é necessário levar o documento CPF ou Cartão SUS.

O público prioritário da campanha segue sendo crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias); trabalhador da Saúde; gestantes; puérperas; professores e trabalhadores de instituição de ensino básico a superior; povos indígenas; povos e comunidades tradicionais quilombolas; pessoas com 60 anos ou mais de idade; profissionais das forças de segurança e salvamento; profissionais das Forças Armadas; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e pessoas em situação de rua.

Do dia 25 de março até a última quinta-feira (9), 9.164 pessoas já haviam sido vacinadas dentro do total do público alvo. Este saldo de imunizados equivale a 31,57% do total do público alvo da campanha, que precisará contemplar 29.944 pessoas.

Até o momento, os idosos compõem a maior parcela de vacinados, atingindo o total de 3.977 pacientes que já receberam a vacina, o que gera o saldo de 35,83% de imunizados.

Em segundo lugar, está o segmento dos pacientes com comorbidades, que atingiu 21,72% de imunização com 1.138 munícipes vacinados.

O segmento das crianças está dentro do terceiro público mais vacinado até agora. Ao todo, 1.058 crianças receberam a dose da vacina, atingindo o total de 19,30% da meta preconizada.

O Estado de São Paulo realiza, em consonância com o Ministério da Saúde (MS), a 26ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza até o dia 31 de maio.

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacinação contra a influenza é considerada a melhor estratégia de prevenção contra a doença e possui capacidade de promover imunidade durante o período de maior circulação dos vírus, reduzindo o agravamento da doença, as internações e o número de óbitos; além de reduzir sobrecarga sobre os serviços de saúde.

Os sintomas podem ser confundidos com os da Covid-19. A vacina influenza trivalente (fragmentada e inativada), conforme a Instrução Normativa (IN) nº 261, de 25 de outubro de 2023 da ANVISA, é utilizada no Brasil desde fevereiro de 2024 e apresenta três tipos de cepas de vírus em combinação:

· A/Victoria/4897/2022 (H1N1)pdm09;

· A/Thailand/8/2022 (H3N2);

· B/Austria/1359417/2021 (linhagem B/Victoria)

#PraTodosVerem: sequência de fotos mostra funcionários da SESAU em ações durante campanhas de vacinação. Fim da descrição.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
João Pessoa, PB
24°
Parcialmente nublado

Mín. 24° Máx. 29°

25° Sensação
2.06km/h Vento
100% Umidade
100% (12.47mm) Chance de chuva
05h22 Nascer do sol
05h09 Pôr do sol
Ter 29° 24°
Qua 29° 24°
Qui 28° 24°
Sex 28° 24°
Sáb ° °
Atualizado às 22h04
Publicidade
click aqui para testar o serviço de IPTV
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 360,637,84 -0,35%
Ibovespa
128,150,71 pts -0.1%
Publicidade
Publicidade
Publicidade