.
24°C 29°C
João Pessoa, PB

Epagri pesquisa alternativas para o controle do maruim em Luiz Alves

Foto: Divulgação/EpagriRepresentantes da Epagri participaram de reunião na tarde desta quarta-feira, 17, em Luiz Alves, promovida pela prefeitura ...

17/04/2024 às 23h16
Por: Redação Fonte: Secom SC
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC

Foto: Divulgação/Epagri

Representantes  da Epagri participaram de reunião na tarde desta quarta-feira, 17, em Luiz Alves, promovida pela prefeitura para discutir soluções para o combate ao maruim no município. O aumento na população do inseto levou a administração municipal a decretar situação de emergência em 27 de março. Segundo o prefeito Marcos Pedro Veber, a proliferação do mosquito está afetando a população e as atividades econômicas relacionadas à agricultura e ao turismo rural.

Continua após a publicidade

De acordo com o gerente regional da Epagri em Itajaí, Jorge Malburg, desde que evidenciada a primeira infestação de maruins na região, a Empresa tem atuado junto a outros órgãos para o controle do inseto. A gerente da Estação Experimental em Itajaí (EEI), Ester Wickert, afirma que neste momento a unidade está construindo um projeto que visa abordar diferentes estratégias para o controle do maruim, desde a compreensão das populações do inseto, sua flutuação ao longo do tempo e fatores que a determinam, assim como estudar os efeitos e a influência do manejo preconizado pela Empresa para as culturas de arroz e banana sobre as populações do mosquito.

O pesquisador da EEI, Wilson Reis Filho, enfatizou que não será possível a eliminação total e permanente do inseto dos ambientes rurais ou urbanos, mas sim a redução da população, resultando em níveis aceitáveis, passíveis de convivência. “A Epagri, como empresa desenvolvedora de tecnologias para duas das principais culturas da região – arroz e banana – tem como contribuir para esta questão e já está fazendo isso. Neste momento estamos em busca de viabilizar a proposta de pesquisa para o maruim, que precisa de recursos e parceria interinstitucional para a execução”, afirma Ester.

Encaminhamentos

Na reunião, a Epagri assumiu o compromisso de apresentar o projeto de pesquisa para ser trabalhado em conjunto com a Secretaria de Estado da Saúde na região afetada, que engloba vários municípios. Representando a Epagri estavam a gerente da Estação Experimental de Itajaí, Ester Wickert, o gerente regional de Itajaí, Jorge Malburg, os pesquisadores da EEI Wilson Reis Filho e Alexandre Visconti e os extensionistas do escritório da Epagri no município de Luiz Alves Bruno Krauss Salvador e Carlos Alberto Jacobsen. Participaram também representantes da Organização Pan-Americana da Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde, de sindicatos, da Associação de Bananicultores de Luiz Alves (ABLA) e das secretarias municipais da Saúde, da Agricultura e da Educação.

Foto: Reprodução/Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC

Todos os presentes afirmaram que estão em busca de alternativas para o controle do mosquito, que já se tornou um problema de saúde pública. Malburg valorizou as estratégias adotadas pela prefeitura, visando o apoio do Estado e do setor produtivo, como também valorizou e agradeceu o envolvimento da Secretaria de Estado da Saúde, que trouxe para a reunião representantes da vigilância sanitária, vigilância epidemiológica e vigilância de zoonoses. Malburg e Ester colocaram à disposição toda a estrutura da Gerência Regional e da Estação Experimental de Itajaí ao prefeito e aos demais órgãos presentes.

O maruim

A proliferação do maruim ocorre onde há muita matéria orgânica em decomposição. As fêmeas colocam os ovos em locais úmidos e com bastante matéria orgânica. Com isso, as larvas podem se criar em mangues, brejos e pântanos. As chuvas intensas no começo do verão causaram aumento na umidade do solo, o que pode ter contribuído para  o aumento da população do inseto em Luiz Alves. 

Mais informações e entrevistas:

Jorge Luiz Malburg, Gerente Regional de Itajaí (GRI), (47) 3398-6360

Ester Wickert, gerente da Estação Experimental de Itajaí (EEI), (47) 3398-6339

Informações para a imprensa: 

Isabela Schwengber
Assessora de comunicação da Epagri
(48) 3665-5407/99167-3902

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
João Pessoa, PB
30°
Tempo nublado

Mín. 24° Máx. 29°

35° Sensação
4.63km/h Vento
70% Umidade
100% (12.47mm) Chance de chuva
05h22 Nascer do sol
05h09 Pôr do sol
Seg 28° 23°
Ter 29° 24°
Qua 29° 24°
Qui 28° 24°
Sex 28° 24°
Atualizado às 16h04
Publicidade
click aqui para testar o serviço de IPTV
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 357,987,65 -1,08%
Ibovespa
128,150,71 pts -0.1%
Publicidade
Publicidade
Publicidade