“Totonho” será o homenageado do Festival de Cultura Popular do Cariri
16/03/2017 22:18

“Totonho” será o homenageado do Festival de Cultura Popular do Cariri

Promovido pela Prefeitura Municipal de Monteiro, Festival de Cultura Popular do Carir...

Promovido pela Prefeitura Municipal de Monteiro, Festival de Cultura Popular do Cariri Paraibano – Zabé da Loca chega a sua 8ª edição através da consolidação obtida pela consistência e qualidade da sua programação. Neste ano de 2017 o Festival acontecerá dos dias 24 a 26 de março. Dentro da vasta programação, haverão apresentações de dança, teatro, poesia e violeiros. O grande homenageado será o artista Carlos Antônio Bezerra da Silva ou, como é mais conhecido, Totonho.

O homenageado

O compositor, produtor e cantor, Totonho nasceu em 1964 na cidade de Monteiro, usufruiu de uma infância rica em brincadeiras populares sofreu a influência da arte do repente e outros formatos de poesia, assistiu à muitas cantorias de repentistas da região e foi quando teve seu primeiro contato com a música. “Minha casa vivia cheia de gente, então me acostumei a vê-los pela casa”.

Com nove anos de idade, montou com amigos de infância a banda Os Renegados, que tocava com, em 82 foi para João Pessoa, onde fundou o Musiclube da Paraíba. Em 1988 se muda para o Rio de Janeiro para iniciar formação em arte educação e lá coordenou e fundou diversas ONGs, entre elas, a EX-COLA Escola para auxílio na recuperação de dependentes químicos e o Grupo Cultural Afro Reggae, entre outras, desenvolvendo um arquétipo de Cultura e Cidadania.

Embora já tivesse quase duas décadas de carreira, seu primeiro registro fonográfico só saiu em 2001 pela Gravadora Trama, em 2005 lançou o segundo álbum pela gravadora Sabotador de Satélite. Ainda possui em sua carreira duas Coletâneas internacionais da Nova Música Brasileira Selo-Toten França, e o Coletivo Hip Hop do Mundo, Selo África Mundi/U.S. A produzida pelo americano Malvin Gibson.

Na sua jornada pelo mundo musical, Totonho coleciona os concertos internacionais na Ucrânia, Londres, Bélgica, França, Guatemala, Portugal e Rússia. No Brasil percorreu São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Crato, Fortaleza, Salvador, Curitiba, Manaus, Belém, Boa Vista, Macapá, São Luís, Teresina, Natal, Brasília e João Pessoa.

Monteiro incentiva a cultura

A Prefeitura Municipal de Monteiro através da Secretaria de Cultura vêm consolidando investimentos na valorização da cultura popular e dos seus artistas por meio de festivais e outras diversas programações que incluem shows, musicais, grupos de teatro e dança, bem como cinema na Praça João Pessoa e na Praça Parque das Águas.

“Queremos que nossa cidade aumente cada dia mais a produção cultural, e a prefeitura vêm fazendo sua parte através dos festivais e programações. Nossa meta é levar o nome de Monteiro como berço de cultura cada vez mais longe. Isso fortalece nossa cidade em diversos ângulos, como turismo e comércio através da vinda de vários turistas. A cultura é um grande patrimônio de Monteiro,” disse Anna Lorena, prefeita da cidade.

O nome do Festival tem a essência do Cariri, Zabé da Loca, que representa a força e inteligência do nordestino. Esta homenagem vem perpetuar a história e a representatividade da pifeira que é conhecida internacionalmente. Zabé da Loca sempre será o nome forte da música regional.